12 de março de 2015

Uma pedrada num charco de águas podres

O  Senhor Secretário Regional da Educação disse no plenários dos Jovens. que "(...) “A política e os políticos definem o essencial do nosso futuro, por isso, se todos vocês pretendem um futuro melhor, possuem então a obrigação de fazer política e de serem políticos”. Ora aí está uma coisa sensata dita por um individuo que, ora na academia ora no poder executivo esteve sempre ao serviço da polis ou seja fazendo politica, algo que deve ser ressalvado e motivo de orgulho para o próprio. Disse ainda uma  verdade "lapaliciana",  e cito: “os mais novos não acreditam quase nada nos políticos”, assumindo em seguida que  a “culpa é necessariamente nossa".

"A culpa é, por exemplo, de todos aqueles que mensalmente, eu também, se sentam neste hemiciclo e que, não raras vezes, servem a todos vocês o mais triste dos espectáculos, ou seja, o espectáculo da vitória do interesse pessoal sobre a conveniência colectiva, do insulto sobre a decência, da estupidez sobre a inteligência”.
“Por tudo isto, paira hoje um grande desencanto sobre o funcionamento da Democracia, contudo, na História da Humanidade, a Democracia é a melhor forma de governar seres humanos”. Disse parafraseando Winston Churchil.

Ora fiquei sabendo pela Mariana Matos, de quem tirei algumas das palavras acima transcritas, que o PSD se ofendeu com as palavras sábias de Avelino Menezes e que o PS e restantes bancadas, como se diz agora, se ficaram. Pois eu acho que o Professor de História da Universidade dos Açores que desempenha as funções publicas de Secretário Regional ao serviço da polis, além de atirar uma grande pedrada num charco de lamas podres e mal cheirosas acabou explicando aos seus pares que a politica é mais do que o hemiciclo e que políticos somos todos nós sendo que é esse o nosso dever,  sermos cidadãos, seres da polis e não nos resignarmos à condição de idiotas no sentido clássico ( cultura da antiguidade clássica) do termo. 

1 comentário:

Carlos Faria disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

Arquivo do blogue