12 de maio de 2017

Os 3 Fs

Recebi do João Nuno Almeida E Sousa este magnifico texto acompanhado de uma ilustração igualmente magnifica que, depois da devida autorização do autor, partilho com os meus leitores:


Na época das trevas, e do obscurantismo do velho regime, Portugal era um Estado subjugado ao folclore dos 3 F’s : Fátima, Fado e Futebol...a trilogia da propaganda. Nessa lustrosa instituição da ignorância digital que é a wikipédia lê-se que esses eram os três pilares da ditadura de António de Oliveira Salazar para a pacificação da população e alienação da mesma no que concerne a política do país” (sic !). A caminho de cinquenta anos volvidos sobre esses anos de chumbo Portugal está no caminho das Luzes. Temos uma Frente Popular Comunista/Verde/Trotskysta/Socialista/PANistano governo que proclama os amanhãs que cantam e um Presidente fofinho e dos afectos...tudo postiço claro está. Portugal continua a ser um Estado refém das “corporações” (incluindo a dos eurocratas e maçons...ou frequentemente de ambas concomitantemente) embora já não seja um Estado Corporativo. No resto a “pacificação da população e alienação da mesma” faz-se com os mesmos 3 F’s...a mesma mistificação de Fátima a que se associa o Primeiro-Ministro, chefe do Conselho de Ministros da Frente, e um Presidente da República gágá distribuidor de beijinhos e boneco de selfies...a mesma alienação de massas hiperbolizada no Futebol com delírios comunicacionais que ocupam, no mínimo, ⅓ das notícias das Televisões, cujos telejornais não informam mas opinam veiculando as "notícias oficiais"...a mesma treta ensimesmada do faduncho ranhoso, agora sem fadistas, pois estes estão hoje travestidos de cançonetistas plagiadores de bossa-nova com piscadelas de olho aos ritmos africanos, mas com o ícone sagrado do Salvador Sobral no Festival da Canção...Apre...Sem deslumbre por nenhum dos três F’s do regime resta-me planear este fim de semana beber um copo...ou dois...ou três !!!

Saúde
João Nuno 

3 comentários:

Chrys Chrystello disse...

posso reproduzir no blog.lusofonias.net?

Nuno Barata disse...

Tem que pedir autorização ao autor.

Nuno Barata disse...

Pode partilhar, tem a permissão do autor.

Arquivo do blogue