3 de janeiro de 2017

Se não acrescenta valor para que serve?


Li hoje, quase incrédulo, que o sector da hotelaria regional está preocupado porque não poderá suportar o aumento do salário mínimo nacional.

Como é que é? Então? Constroem hotéis com os impostos de gente que nem pode sonhar em um dia dormir num Hotel, fazem-no em nome do combate ao desemprego e ao crescimento da economia, alegam ser a industria do futuro, tudo isso para receberem subsídios que chegam quase a 80% do valor total da obra e dos equipamentos, alguns são empreiteiros de si próprios e acumulam toda essa riqueza dos impostos dos outros  e , no fim, nem conseguem aguentar a subida do salário mínimo nacional. Nem mais um apoio para essa indústria!

Era bom que os senhores Deputados Regionais se debruçassem sobre esta matéria, cá por mim há suficientes indícios para uma comissão de inquérito ao negócio da ASTA mais alguns que por aí “cogumelizam”. Eu até acho que podem começar por analisar os relatórios da comissão de inquérito, que está a completar 20 anos, e que foi despoletada por um editorial do Sr. Gustavo Moura no Açoriano Oriental e que se debruçou precisamente sobre os terrenos da calheta.

Seria um excelente trabalho a prestar à Região, no lugar das habituais chicanas e contra chicanas que a malta pouco se interessa e por isso entende que esses Senhores Deputados gastam muito e servem para pouco.

1 comentário:

Paulo Bettencourt disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Arquivo do blogue